Thursday, April 18, 2019

O Milagre da Manhã – Minha Leitura e Prática

No final do mês passado comprei o livro “O Milagre da Manhã: o segredo para transformar sua vida (antes da 8 horas)”, de Hal Elrod.

Ontem (16/04/2019 – terça-feira) terminei de lê-lo – livro que consiste de 246 páginas. A leitura iniciou devagar e achei um pouco chato, repetitivo e inútil, portanto, quando fui chegando mais longe no livro, acelerei a leitura por perceber conteúdo muito relevante e significativo e terminei rapidamente a leitura. Para mim as partes boas do livro, compensam as ruins, tanto que considerei o livro nota 5 em 5.

Já no “Capítulo 5: A estratégia de cinco passos à prova de soneca para despertar” – comecei a praticar algo, lendo em um dia os exercícios e imediatamente na manhã do outro dia efetivei algumas práticas sugeridas no livro.

Primeiro Dia (15/04/2019 – segunda-feira): o resultado foi instantâneo, acordei mais cedo, logo tomei um copo d´água com sugerido, coloquei roupa para caminhar e fui fazer esse exercício físico, o que por sua vez, me animou e despertou, energizando para o dia.

Segundo Dia (16/04/2019 – terça-feira): repeti o programa – acordar, beber e caminhar – e uma pessoa já notou que estou em outro ritmo e que “não parei” durante o dia. Estou me sentindo com mais vigor e mais energizado também.

Neste Segundo Dia me preparei e ensaiei para fazer as afirmações e terminei de ler o livro.

Terceiro Dia (17/04/2019 – quarta-feira): continuei a rotina – acordar, beber e caminhar -, seguida de um rápido e leve lanche – uma maçã. Após isso, ainda na primeira hora do dia, iniciei a prática das afirmações – usando como base a frase de Émile Coué: “Todos os dias, de todos os pontos de vista, eu vou cada vezes melhor.” Na adaptação da afirmação de Coué que fiz, usei três frases, sendo-as em primeira, segunda e terceira pessoa – contando em um barbante em que fiz vinte nós, cada uma para cada uma das 20 repetições dessas três frase.[1]

Mais ou menos, no meio desse dia comecei a prática de registro (“diário”), o qual consistiu em um esboço deste artigo.

Nota: A cada dia ficou mais fácil acordar no horário planejado e não lembro bem qual dia e em que ordem fiz - o lavar o rosto -, antes de sair para a caminhada, me ajudou a despertar.

Bibliografia

COUÉ, Émile. O Domínio de Si Mesmo pela Auto-Sugestão Consciente: texto integral. Tradução: Humberto Bevilácqua. São Paulo: Editoro Martin Claret, 2002.

ELROD, Hal. O Milagre da Manhã: o segredo para transformar sua vida (antes da 8 horas). 1. ed. Tradução: Marcelo Schild; Patrícia Azeredo. Rio de Janeiro: Best Seller, 2016.

WILBER, Ken; PATTEN, Terry; LEONARD, Adam; MORELLI, Marco. A Prática de Vida Integral: um guia do século XXI para saúde física, equilíbrio emocional, clareza mental e despertar espiritual. Tradução: Carlos Augusto Leuba Salum e Ana Lucia da Rocha Franco. São Paulo: Cultrix, 2011.


[1] A ideia do nó, da frase e da quantidade de repetições foi com fundamento em Coué (2002, p. 39). Já a ideia de fazê-las nas três pessoas, veio do livro “A Prática de Vida Integral” (WILBER, 2011, p. 322-3). Nota I: Ken Wilber foi o meta-autor desse livro. Nota II: Recomendo a leitura desse livro de Ken Wilber, incluindo o conteúdo dele relativo às afirmações.

No comments: