Saturday, April 20, 2019

O Milagre da Manhã – Dias Quatro à Seis

Quarto Dia (18/04/2019 – quinta-feira): despertei antes do alarme e do horário definido e resolvi levantar da cama antes e logo fiz o ritual – acordar, beber e caminhar.

Ao caminhar comecei a sentir dor, após um seis minutos, decidi parar e voltei para casa. Chegando da rua, aproveitei para continuar as práticas – depois de me alimentar com uma maçã: fiz as afirmações e segui lendo quinze páginas do material d’O Milagre da Manhã.

Passei um breve momento navegando na internet, lanchei e estou agora escrevendo o diário.

Quinto Dia (19/04/2019 – sexta-feira): levantei uns doze a treze minutos antes do horário programado. Caminhei cerca de quinze minutos[1] - à tarde caminhei mais quinze-, voltei para casa, comi uma maçã, li uma página, dediquei-me as afirmações (cerca de cinco à seis minutos) e li um pouco mais. Não escrevi nada no diário.

Sexto Dia (20/04/2019 – sábado): coloquei o despertador para dez minutos antes do que nos dias que comecei O Milagre da Manhã e acordei mesmo assim, levantei – seguindo o que fiz no dia anterior também como neste dia: beber, colocar roupa de sair (calça e tênis), lavar o rosto e sair.

A dor novamente apareceu no início da caminhada, então “estacionei” após oito minutos. Logo, comi uma maçã, pratiquei a afirmação 20 vezes, li uma parte do material do site de O Milagre da Manhã (cerca de sete páginas) e passei para aplicação do diário.

Nota: todos os dias desde que comecei a práticas d’O Milagre pratiquei meditação (uma das possíveis práticas do “silêncio”), mas não durante a manhã.

Bibliografia

ELROD, Hal. O Milagre da Manhã: o segredo para transformar sua vida (antes da 8 horas). 1. ed. Tradução: Marcelo Schild; Patrícia Azeredo. Rio de Janeiro: Best Seller, 2016.

REIS, Marco Paulo; ROSA, Fabio; GOMES, Emerson; DE OLIVEIRA, César A. Caminhada Já!: os segredos para qualquer pessoa fortalecer o coração, relaxar e enxugar a barriga. São Paulo: Ed. Abril, 2010.


[1] Segundo a OMS com 30 minutos de caminhada, cinco vezes por semana, deixamos de estar como sedentários. Pode se dividir essa atividade por duas sessões de 15 minutos, cada. Para isso primeiro precisa se vencer a inércia, que será grande, mas você pode conseguir esse prodígio acordando mais um pouco cedo (REIS, ROSA, GOMES e OLIVEIRA, 2010, p. 14-5).

No comments: