Friday, December 28, 2007

Exercício – Amarração de Tênis

O assunto me pareceu um pouco “estranho” demais, mas acho que tem algum valor.
Durante minha vida aprendi dois modos de amarrar o tênis, talvez existam mais... Porém por certos motivos que pretendo postar outro dia, resolvi “trabalhar” com isso e aqui posto um exercício que comecei a fazer: troque o modo de amarrar o tênis a que está habituado por outro.
Peço para que postem o que for ocorrendo com esse exercício e pretendo colocar aqui, futuramente os motivos de fazer isso e minhas experiências relacionadas à isso.
Por enquanto não exporei mais nada sobre o assunto, pois acho que pode influenciar a experiência.

Wednesday, December 19, 2007

Sincronicidade – O Gatilho Cósmico: O Derradeiro Segredo dos Illuminati

Voltando ao mesmo assunto...
Então comprei mais um livro, na mesma livraria, dessa vez O Gatilho Cósmico: O Derradeiro Segredo dos Illuminati, de Robert Anton Wilson.
Livro cheio de histórias estranhas, uma autobiografia praticamente, contendo sincronicidades (incluindo aquelas com o número 23!).
No mesmo dia comecei a ler o livro, que fala da Skull & Bones, uma sociedade secreta e minha irmã tinha me falado para irmos assistir um filme.
Ela escolheu o filme e então vi a sipnose dele na net, o filme, O Bom Pastor, falava da Skull & Bones...
Fomos assitir o filme e lá (algo me perseguia?) vi o nome na tela “Wilson”, alguém no filme, se não me engano, o próprio protagonista tinha o dito nome!
Nesse dia confesso que assustei um pouco...
Bom, essa foi a segunda parte das sincronicidades envolvendo livros.

Saturday, December 08, 2007

Sincronicidade – O Poder do Mito

Agora encontrei um assunto que merece ser postado, ao meu ver.
Este é a primeira postagem de uma série, que pretendo abordar o fenômeno da sincronicidade em geral.
A série inicialmente esta planejada para tratar, ao menos, de sincronicidades ocorridas comigo relacionadas com livros.
Hoje pretendo contar uma história (“real”?) que aconteceu durante ou após a minha leitura do manual básico de Mago: A Ascensão; atualmente o meu RPG preferido.
Acho que foi quando tive em mãos o suplemento Livro das Sombras (Que é uma espécie de “livro do jogador” de Mago), em que tem algumas referências, sendo duas relativas ao escritor e reconhecido (creio que por sombunall, “alguns, mas não todos”) mitólogo, que trabalhou com idéia freudianas e junguianas.
Os dois livros de referência são “O Poder do Mito” e “O Herói de Mil Faces”.
Tenho os dois, porém só terminei de ler o primeiro.
Voltando à história, tinha resolvido comprar O Poder do Mito. Então fui à uma livraria e chegando lá haviam uma ou duas mulheres e alguém falando de algo como Lacan.
Ela ou elas foram embora e me aproximei de um balcão perguntando se eles tinham o livro. O homem que me atendeu, somente levantou um ou mais livros e debaixo disso, lá estava: O Poder do Mito!
Sincronicidade, não... Coincidência diriam os materialistas fundamentalistas (penso lembrando de Robert Anton Wilson).

Friday, July 27, 2007

Salmo Discordiano - Original

A Senhora é a minha pastora, nada me fartará.
Deitar-me faz sob verdes macieiras, guia-me mansamente à águas caóticas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da discórdia, por clamor ao seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte de gargalhadas, me perderia certamente, porque tu estás comigo; a tua maça dourada me confunde.
Preparas uma mesa perante à mim na presença dos meus inimigos, lançe a tua maça na cabeça deles e o meu riso incomodará. Certamente que o caos e a discórdia da Senhora me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa da Senhora por longos dias.

Thursday, July 26, 2007

Salmo Discordiano

O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
Certamente que a bondade e a misericórdia do Senhor me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Saturday, June 09, 2007

Raising (Un) Dead...

"Bela Lugosi's dead... Undead, undead, undead..."

- Bauhaus, "Bela Lugosi's Dead"

Sempre acabado deixando meu blog de lado, mas de tempos em tempo o ressuscito.
Voltando ao assunto anterior, fiz nesse tempo entre a última postagem e essa feito, um experimento de pirataria de paradigma (paradigm piracy), bem sucedido.
Após essa segunda experiência envolvendo uma mudança de paradigma, para ser mais exato, contato com um novo paradigma, durante um certo período de tempo, sendo esse último um curto espaço de tempo, percebi na prática um alívio e uma libertação. Gostaria de obsevar de uma forma científica esse tipo experimento.
Um dos que trabalharam nesse assunto foi Robert Anton Wilson, que cheguei a estudar há um tempo atrás. Li algumas coisas esparsas sobre ele, um artigo inteiro (Creative Agnosticism, lançado em português em Uma Nova Inquisição pela editora Madras) e o livro O Gatilho Cósmico: O Derradeiro Segredo dos Illuminati (Também lançado pela Madras em português). Esse livro é um dos melhores que já li e nos faz ter uma mudança de paradigma, embora eu esperasse algo mais "forte".
A idéia central de Robert A. Wilson é a de um agnosticismo total, onde não se acredita 100% em nada, o que se aproxima de um certo modo relativista de pensar, o de que nada retrata com veracidade a realidade (uma das frases clássicas dele é "o mapa não é o caminho", a qual ele retirou de um outro autor). Sua obra é um exelente "gatilho" para ver as coisas de diversos ângulos, em diversos "túneis de realidade", como diria Timothy Leary, um de seus amigos.
Em Gatilho Cósmico R. A. Wilson toca no assunto de metaprogramação por alto e a liga a Dr. John Lily.
Ainda em relação ao mesmo livro, ao de curioso aconteceu, pouco tempo depois de terminar de lê-lo, encontrei e começei a ler o A Revolução Silenciosa: Autobiografia Pessoal e Transpessoal, de Pierre Weil, que tem uma estruturas semelhante, os dois contam a história da busca interior, recheadas de fatos estranhos e interessantes, sendo que os dois autores tinham formação em Psicologia, cada um utilizando métodos diferentes no "Caminho", mas tendo em comum a passagem por psicoterapia e a prática de yoga, mas não sei ao certo se meditação também...

Para mais informações:

Robert Anton Wilson:
http://en.wikipedia.org/wiki/Robert_Anton_Wilson

Pierre Weil:
http://www.pierreweil.pro.br/

Friday, January 12, 2007

Coisas que tenho lido

A postagem de hj. são somente uma introdução do que eu pretendo falar outro dia. São links sobre coisas que li sobre o assunto, a metacrença (metabelief), metaprogramação (metaprogrammation), também chamado de pirataria de paradigma (paradigm piracy).

http://www.geocities.com/tribhis/paradigm.html

http://www.spiralnature.com/magick/chaos/sysmetabchaos.html

http://www.angelfire.com/ms/metameme/rebel.html