Sunday, March 12, 2006

Human in Chains

"Do you feel your head is full of thunder?
Questions never end?
Empty nights alone?
No wonder
it all cames back again"


- The Sisters of Mercy, "Under The Gun"


Agora ouvindo um especial da Alvorada do Echo & Bunnymen e Tears for Fears, sendo a primeira música Human in Chains, já estava me preparando antes para escrever novamente aqui, pensando no que iria falar e acho que a música deu "cliq" do melhor a dizer.
O nome do blog foi escolhido pela idéias contidas no mito de Prometeu e da música Alice do The Sisters of Mercy.
Bom, o mito de Prometeu, resumindo é que ele rouba o fogo sagrado dos deuses e o trás aos humanos, sendo condenado por Zeus à ter o fígado eternamente devorado por uma águia (ou em algumas histórias por um abutre).
Para quem quiser saber mais é só olhar na página: http://www.pantheon.org/articles/p/prometheus.html.
Depois caso alguém queira posso traduzir a página sobre Prometeu.
Posteriormente essa mitológica da Grécia Antiga reaparece em diversos lugares como Prometeu Desacorrentado (no original Prometheus Unbound) de Percy Bisshe Shelley e de sua esposa, Mary Shelley, na clássica obra Frankstein ou O Prometeu Moderno (Frankstein or The Modern Prometheus).
No caso de Alice, do Sisters, acho que deve ser uma referência às obras de Lewis Carroll (Alice no País das Maravilhas e Alice Através do Espelho), já que estão estão na lista de "likes" do vocalista da banda no site oficial.
Terminadas as explicações básica, uma rápida "dissecação de referências", o tema que prentendo abordar é a estrutura que aparece em diversas histórias, contos de fadas e mitos, um arquetípo para os mais íntimos do assunto.
Os mitos em que irei utilizar como base são a queda do paraíso cristã e o de Prometeu.
Nos dois existe de forma metafóricamente a questão da busca de conhecimento e ao adquirí-lo, há uma queda, uma condenação à um sofrimento eterno.
Será que estamos confinados similarmente à esses mitos, acorrentados em um sofrimento eterno? Talvez essa seja uma das mais velhas questões humanas...
Contudo no mito de Prometeu ele consegue se livrar do pássaro que o devora, sendo que o estado de eternidade ao qual Zeus o condenou termina, mas até quando?